Assisti um vídeo no Youtube que corrobora muito o que temos pregado desde a entrada em vigor da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais).

O vídeo é do programa Shark Tank Brasil. Para quem não conhece o programa, segue descrição do canal no Youtube: “Reality pioneiro de empreendedorismo no país, que oferece a quem participa a oportunidade de lançar suas ideias de negócios para grandes investidores – os “Tubarões”- na esperança de conseguir aportes financeiros”.

O programa conta com nomes de peso no cenário do empreendedorismo e indico a todos os advogados empreendedores adquirir conhecimento de negociação e de negócio, através do programa.

O elenco conta com o João Appolinário (fundador da Polishop), Camila Farani (fundadora da G2 Capital, Caito Maia (fundador da Chilli Beans), Carol Paiffer (sócia-fundadora da Atom S/A) e José Carlos Semenzato (fundador da SMZTO Holding de Franquias).

O episódio em questão é onde Fernando é idealizador da “Amostrix”, uma startup que atua na área de varejo com um equipamento que aborda as pessoas, coleta informações e oferece amostras grátis de produtos. Ele está em busca de um investimento de R$2 MILHÕES em troca de 15% de participação em sua empresa.

Assistindo o programa percebemos que a grande solução por trás do negócio de Fernando é a informação. A solução dele entrega uma amostra grátis ao consumidor após realizar coleta de dados. E posso afirmar que são dados muito sensíveis, pois antes de escrever o artigo me propus a visitar um Shopping onde existia a solução da Amostrix e um dos dados que foram coletados foi o meu CPF.

E como sabemos dados são muito valiosos, são a base de pesquisas, lançamento de produtos, previssibilidade de receitas, planejamentos e muito mais.

E onde queremos chegar?

Coleta de Dados hoje somente com adequação a LGPD.

É foi exatamente esse um dos dois pontos cruciais que o João Appolinário condicionou o investimento e futura sociedade.

“Se a solução da Amostrix estiver em acordo com a LGPD eu entro na sociedade”

Olhem só, foi o cliente que levantou a bola sobre LGPD e condicionou o negócio a adequação da norma.

Imagine que o seu escritório de advocacia estivesse negociando a prestação de um serviço com a PoliShop, tenho certeza que se o seu site, que é a sua porta de entrada para potenciais clientes, não estiver adequado a LGPD esse contrato estaria perdido.

O vídeo em questão é o programa Shark Tank, título do vídeo no Youtube é “Na Verdade A Conta Só Fecha Se Tiver Esses Dados” | Shark Tank Brasil e o link para vocês acessarem é o https://youtu.be/dzb_l7vH4iY.

Recomendo a todos assistirem o vídeo como complemento a esse artigo.

Caso tenha interesse em saber se o seu site está adequado, a Agência LCP está realizando de forma gratuita, um estudo para você saber se o seu site está adequado e também descrição das atividades necessárias para realizar a adequação. CLIQUE AQUI E SOLICITE SUA AVALIAÇÃO!

Bons negócios!