Estamos em outubro e quando menos se espera, lá se foi o ano!

Se você deseja melhorar os resultados e crescer no próximo ano, então está na hora de começar a elaborar o seu plano de marketing digital 2020.

Empresas que apresentam bons resultados tem estratégias bem definidas.

A elaboração do plano consiste em saber o objetivo, o que deve ser executado e de que maneira deve ser executado e, resumidamente, ao final do processo, devemos saber responder três questões:

  • Onde estamos?
  • Para onde queremos ir?
  • Como chegar lá?

É extremamente importante dedicar tempo para refletir o que está indo bem e o que não está, analisar a concorrência, analisar o momento do escritório e onde pretende chegar.

O plano está sempre em movimento e deve ser revisto quantas vezes for necessário ao longo do ano, pois as mudanças ocorrem com frequência e de forma rápida.

Abaixo listamos os 7 passos que não podem ficar de fora do seu Plano de Marketing Digital 2020

Diagnóstico:

  • Avalie a sua situação atual: o que está indo bem e o que precisa ser melhorado;
  • Analise a sua concorrência;
  • Analise a sua presença na internet;
  • Analise o momento atual do seu escritório.

Definição de Persona

  • Quem é o seu cliente ideal?
  • Quais as características do seu cliente ideal?
  • Quais as necessidades do seu cliente?
  • Que tipo de informação ele consome e como?

Jornada de Compra

  • Definição da Jornada do Cliente
  • Qual caminho o potencial cliente realiza para achar a sua solução?
  • Defina a árvore de conteúdos.

Definição de Objetivos

  • Onde queremos chegar, considerando o momento atual?

Definição do Plano de Ação

  • O que devemos fazer e como fazer?
  • As metas devem ser realistas e de curto, médio e longo prazo
  • Definição de responsáveis
  • Definição do orçamento

Definição de métricas, ferramentas de suporte e prazo

  • Definição de Indicadores (KPIs)
  • Ferramentas de suporte do projeto
  • Cronograma

Adequação LGPD

  • A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) entra em vigor em agosto de 2020.
  • Você já parou para pensar que o site do seu escritório pode estar coletando dados de terceiros sem consentimento?